Comece agora com 10 dias grátis!

Assinar

Como desenvolver novas competências e diminuir o turnover da sua empresa

25 de Abril de 2018

O turnover é um dos maiores complicadores para as empresas no que diz respeito à produtividade e performance das equipes. A rotatividade de colaboradores atrapalha o desempenho das atividades, porque é preciso estar constantemente ensinando as rotinas para aqueles que chegam. Mas quais são as principais causas de turnover? De que maneira é possível incentivar minha equipe?

Propósito. Guarde bem esta palavra! É ela que vai fazer com que o colaborador se sinta motivado a desempenhar suas atividades e querer ficar na empresa. Organizações nas quais os funcionários percebem o significado no trabalho são 21% mais rentáveis.

Diretor Presidente da Saint Paul, o professor José Cláudio Securato lembra que a sociedade passou por um período de produção no qual as pessoas eram induzidas a comprar. Ao passo que a nova sociedade já nasce com uma abundância de conquistas da produção humana, isso não faz tanto sentido pra ela.

“As pessoas estão percebendo que o motivo pelo qual elas estão colocando suas energias em algo com propósito real faz muito mais sentido do que o dinheiro que elas estão ganhando”, explica.

Ao fazer sentido, principalmente no que se refere aos adultos, é mais fácil aprender. É aí que entra a questão do aprendizado constante.

A busca constante por novas competências

A cultura do trabalho pelo trabalho mudou, isso é fato. Segundo o diretor, é só dar uma olhada na história que entenderemos o porquê: até a segunda guerra mundial, a sociedade ocidental tinha como conceito que para cada idade se tinha um propósito. Assim, havia uma idade para aprender, outra para trabalhar e, por último, envelhecer. Depois da década de 60, as pessoas passam a ser mais questionadoras:

“É aí que surge um conceito de lifelong learning, a aprendizagem ao longo da vida. Agora você vai aprender, trabalhar e aprender e depois envelhecer. Quando a gente olha tudo isso, consegue ver diferentes gerações percebendo as realidades tecnológicas, culturais e sociais da nova economia de forma diferente.”

Com o conceito de aprendizado constante, a tendência é que as pessoas sempre busquem novos conhecimentos. Porém, voltemos à questão do propósito. O professor Securato lembra que o estudo da andragogia - ciência que investiga como o adulto aprende – aponta que o adulto só se educa para o que quer.

“Existe um nível zero de engajamento quando o adulto passa por um processo de aprendizado se ele não souber qual o motivo pelo qual está aprendendo. Esse conceito, somado a outros, como o autocentrismo, ajuda a entender essa ideia de engajamento para o trabalho”.

Mas é preciso entender que numa equipe, são várias as formas de percepção do mundo. Veja o exemplo da aquisição de um carro: Ao perguntar para alguém de 50 anos se ele quer adquirir um carro ou utilizar um carro compartilhado, a tendência é que opte pelo primeiro.

Já para quem tem 18 anos, a tendência é responder pelo compartilhado: “As pessoas percebem o mundo de formas diferentes. É fundamental que isso seja levado em consideração para a retenção de talentos.”

Se a falta de propósito é uma das principais causas de turnover, que tal incentivar a criatividade e inovação em sua empresa?

Motive seus colaboradores de formas diferentes

Como já vimos neste artigo, as pessoas têm propósitos diferentes de acordo com sua geração. Essa já é uma boa justificativa para que sua empresa invista além dos métodos tradicionais de motivação.

“Colaboradores percebem o significado de forma diferente e as organizações têm que tentar se valer disso para reter melhor. Para atrair pessoas melhores e reter pessoas que também sejam extraordinárias”.

Neste quesito, a área de Recursos Humanos tem uma grande parcela de responsabilidade. Ao fazer uso da criatividade e inovação ela consegue desenvolver novas competências na equipe. 


E um dos caminhos está no modelo de aprendizagem. Isso quer dizer que é preciso oferecer algo que esteja associado às tendências e novidades do mercado. O ensino precisa ser dinâmico, acompanhando o ritmo de evolução de cada pessoa.

Lembre-se que o desenvolvimento de competências é capaz de beneficiar a empresa de vários modos. Talvez o mais importante deles seja o aumento da produtividade, uma vez que os colaboradores conseguirão executar as tarefas com mais qualidade.

------

Gostou de aprender mais sobre as principais causas de turnover nas empresas? Vimos também que é através da criatividade e inovação que podemos desenvolver novas competências. Acesse nosso blog para ler mais conteúdos sobre como motivar sua equipe e manter ela engajada!

New call-to-action

  • compartilhe